sexta-feira, 13 de abril de 2018

domingo, 1 de abril de 2018

O café de Teresa : Ponto de encontro dos intelectuais de Brejo Santo-Ce - Fátima Teles

                                 Projeto Brejo Santo : Nosso chão, nosso povo!

Por Fátima Teles, Professora Formadora da Área de Ciências Humanas da secretaria Municipal de Educação de Brejo Santo-Ce, Assistente Social, Escritora e Poeta.

               O Café de Teresa : Ponto de encontro dos intelectuais de Brejo Santo-CE





                                                                     Teresa do Café



Teresinha Barbosa de Oliveira era natural de Brejo Santo-Ceará. Filha de José Barbosa de Oliveira e de Maria pereira de Aquino. Nasceu no dia Vinte de Junho de Mil e Novecentos e Trinta e Dois. Tinha Oitenta e Cinco Anos. Faleceu no dia Primeiro de Abril de Dois Mil e Dezoito.

Sua mãe era dona do café e com a sua morte, a filha teresa assumiu o trabalho vindo a tomar conta do comércio.
Casou-se com o senhor José Barbosa de oliveira, que foi músico  da Banda Municipal e alfaiate do Mestre Adísio.
De seu casamento eles tiveram três filhos: Humberto Barbosa ( Bebeto), Maria Helena Barbosa Cândido  e Maria Edna Barbosa de Oliveira.
quando ficou viúva foi encaminhar as filhas para o estudo e trabalhou no café até se aposentar. O trabalho para ela era a sua própria vida, era de onde vinha a sua renda para o sustento da família. Era uma mulher muito batalhadora, incansável na lida.
O café tinha endereço na Travessa Clementino Tavares e depois na Rua Coronel Ferraz, em sua residência.
a adorada Teresa do Café era grande amiga do professor José Teles de Carvalho e lá ele tomava o café todos os dias sempre acompanhado de amigos e intelectuais.
O professor relatava com alegria que o amigo Benone Araújo vinha tomar café com ele e lá na inspiração do  café, saboreando-o, retirava um pedacinho de papel do boldo da camisa que tinha sempre uma pergunta, dúvida ou questionamento para debater com o amigo Professor.
Amigos como Djalma Lucena, Ivan Landim, Benone, sempre acompanhavam o professor.
Era lá que as pessoas iam "merendar" os deliciosos pudim ou pavê, o famoso bolo liso, além dos doces de leite e banana.
Com chuva ou com Sol ela ia abrir o café na madrugada para preparar o ambiente, as comidas e ao amanhecer do dia com alegria e disposição vender aos clientes.
A década de 70 e 80 o café estava instalado na Travessa Clementino e é uma grande recordação da minha infância. Se eu fechar nos olhos sinto o gosto do pavê.


                                                     Losa, a amiga irmã de Teresa do Café

Teresa tinha uma ajudante que era amiga  e quase irmã. Maria Eugênio de Faria, a querida e simpática Losa, filha de Antônio Eugênio de Faria e Maria Luzia de Faria. Nasceu no dia Quinze de Março de Mil e Novecentos e Quarenta e Um. Completou neste ano de Dois Mil e Dezoito, Setenta e Sete Anos.
Losa tem uma filha, Lúcia Maria Nicolau e esteve presente com a sua amiga irmã teresa até os seus últimos dias. As filhas de Teresa a consideram como uma tia ou avó de tão querida que é pela família.

Fonte :
Entrevista com Maria Edna, filha de Teresa e Losa, sua querida amiga-irmã e ajudante.

Poesias em hoenagem a Sindrome de La Tourette - Fátima Teles

Do dia 15 de Maio ao dia 15 de junho se comemora a conscientização da Síndrome de La Tourette.



o Símbolo da Síndrome é uma borboleta azul.




Poesias que fiz em homenagem as pessoas que convivem com essa Síndrome. e em especial ao meu primo Derek.
















um pouco sobre a Sindrome de La Tourette


Pelo Dr. Ananya Mandal, DM
A síndrome de Tourette é uma condição neurológica que afeta o cérebro e o sistema nervoso. É caracterizada tipicamente por movimentos involuntários e por ruídos conhecidos como de tiques. A doença foi nomeada após um médico Francês chamado Georges Gilles de la Tourette que descreveu primeiramente a circunstância no século XIX.
Em a maioria de povos que desenvolvem a circunstância, os sintomas começam durante a infância e continuam na idade adulta. Pode ser associada com as normas sanitárias mentais tais como a desordem obsessionante ou a desordem da hiperactividade do deficit de atenção.

Sintomas

Uma pessoa com síndrome de Tourette faz geralmente uma combinação dos movimentos involuntários ou dos ruídos chamados tiques. Os Tiques podem ser vocais na natureza (tiques fónicos) e incluir grunhir involuntário, cancelando da garganta, de tossir ou da gritaria das palavras. Os Tiques podem igualmente ser movimentos físicos (tiques do motor) como o empurrão ou a agitação da cabeça ou o salto para cima e para baixo.
Os Tiques podem ser simples, com um indivíduo somente expressar um único som ou eles pode ser complexa e envolver uma série de movimentos físicos e de frases faladas longas.
Para muitos povos com síndrome de Tourette, há uma combinação de tiques físicos e vocais que podem ser simples, de complexo ou de ambos. Os tiques não podem afectar a saúde da pessoa severamente mas podem ser embaraçosos e igualmente alguns empurrões da cabeça ou outros movimentos físicos podem causar a dor. Os problemas Sociais associados com a síndrome de Tourette incluem o isolamento social e baixo o amor-próprio que conduzem à depressão e à ansiedade.

Causa da síndrome de Tourette

A causa exacta desta circunstância é desconhecida. Contudo, há uma especulação que esta circunstância pode ser ligada aos problemas nos gânglio básicos do cérebro, que é envolvido no regulamento dos movimentos. Os gânglio básicos são pensados “para falhar” em uma pessoa com a síndrome de Tourette, causando os tiques característicos.

Tratamento da síndrome de Tourette

A circunstância é incurável mas o tratamento é visado que controla sintomas da circunstância. Uma Vez Que uma criança é diagnosticada com síndrome de Tourette, um plano do tratamento está desenvolvido geralmente por uma equipe multidisciplinar que inclui um neurologista, um paediatrician, um psiquiatra e um conselheiro, por exemplo.
A terapia Comportável foi mostrada para reduzir a intensidade e os efeitos negativos dos tiques em alguns indivíduos. Um exemplo da terapia comportável que pode ajudar a conseguir este é a terapia da reversão de hábito, que envolve identificar todas as sensações que provoca um tique e a tentativa encontrar uma outra maneira de aliviar a sensação.
Um Outro tipo de terapia comportável envolve aumentar a exposição à sensação que causa um impuso ao tique e a suprimir o tique o maior tempo possível, a teoria que é que o paciente poderá eventualmente suportar o impuso ao tique até que passe.
Para uns tiques mais freqüentes ou mais severos, as medicamentações que podem ser prescritas incluem os agonistas de alpha2-adrenergic, os antagonistas da dopamina e os relaxants de músculo. A Cirurgia pode ser recomendada para casos muito severos, mas esta é extremamente rara.
Em ao redor dois terços de todos os povos com síndrome de Tourette, os sintomas começam melhorar significativamente aproximadamente dez anos após seu início e as medicamentações e a outra terapia não podem ser por mais necessários que os sintomas se tornem menos freqüentes e severos e se desapareçam eventualmente.
No terço permanecendo dos sofredores, os sintomas continuam a persistir ao longo da vida, embora se tornem geralmente mais suaves como idades de uma pessoa, significando que a necessidade de usar a medicamentação e a terapia pode eventualmente passar.
Revisto por Sally Robertson, BSc

Fontes

  1. http://www.nhs.uk/conditions/Tourette-syndrome/Pages/Introduction.aspx
  2. http://www.ninds.nih.gov/disorders/tourette/tourette_syndrome_brochure.pdf
  3. http://www.tsa-usa.org/aPeople/LivingWithTS/Images/Fact_Sheet.pdf
  4. http://www.hawaii.edu/hivandaids/Medical%20Progress%20%20%20Tourettes%20Syndrome.pdf
  5. http://www.cdc.gov/ncbddd/tourette/documents/tourette-fact-sheet_photo.pdf

Fonte :
 https://www.news-medical.net/health/What-is-Tourette-Syndrome-(Portuguese).aspx

curta também as págins
 https://www.facebook.com/sindromedelatourette/
http://convivendocomtourette.blogspot.com.br/2014/02/saudacao.html







Poesia em homenagem as pessoas com Síndrome de Down- Fátima Teles



                                            Símbolo da Síndrome  de Down. O laço azul e amarelo simboliza a Síndrome de Down. O dia 21 de Março é comemorado o dia Internacional da Síndrome de Down.


Poesia de minha autoria feita para homenageá-los e homenageá-las.

DOWN

É apenas
um cromossomo a mais
E isso não me define
Nem ao menos me limita
Eu tenho amor
Te ofereço amor
Isso é o que te dou

Acolho a vida
Com os olhos do afeto
E por isso gosto de abraço
Gosto dos braços que abraçam
Te abraço!

Aprendo como posso
Abres o teu coração
Aprendes a me enxergar
Ensina- me! Ajuda-me!
Quero ser cidadão!
Quero ser Cidadã!

Fátima Teles









um pouco sobre a Síndrome de Down. 

 O que é
A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.
As crianças, os jovens e os adultos com síndrome de Down podem ter algumas características semelhantes e estar sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas.
É importante esclarecer que o comportamento dos pais não causa a síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la. Não é culpa de ninguém. Além disso, a síndrome de Down não é uma doença, mas uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.
As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças. Se você é pai ou mãe de uma pessoa com síndrome de Down, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade. 
Entenda a trissomia
Os seres humanos têm, normalmente, 46 cromossomos em cada uma das células de seu organismo. Esses cromossomos são recebidos pelas células embrionárias dos pais, no momento da fecundação. Vinte e três vêm dos espermatozoides fornecidos pelo pai e os outros 23 vêm contidos no óvulo da mãe. Juntos, eles formam o ovo ou zigoto, a primeira célula de qualquer organismo. Essa célula, então, começa a se dividir, formando o novo organismo. Isso quer dizer que cada nova célula é, em teoria, uma cópia idêntica da primeira.
Os cromossomos carregam milhares de genes, que determinam todas as nossas características. Desses cromossomos, 44 são denominados regulares e formam pares (de 1 a 22). Os outros dois constituem o par de cromossomos sexuais – chamados XX no caso das meninas e XY no caso dos meninos. O que ocorre, então, para um bebê apresentar 47 cromossomos, em vez de 46, e ter síndrome de Down?
Por alguma razão que ainda não foi cientificamente explicada, ou o óvulo feminino ou o espermatozoide masculino apresentam 24 cromossomos no lugar de 23, ou seja, um cromossomo a mais. Ao se unirem aos 23 da outra célula embrionária, somam 47. Esse cromossomo extra aparece no par número 21. Por isso a síndrome de Down também é chamada de trissomia do 21. A síndrome é a ocorrência genética mais comum que existe, acontecendo em cerca de um a cada 700 nascimentos, independentemente de raça, país, religião ou condição econômica da família.




 Fonte:

 http://www.movimentodown.org.br/sindrome-de-down/o-que-e/







Poesias em homenagem aos Autistas - Fátima Teles




                                                               Símbolo do Autismo




Poesias que fiz em homenagem aos anjos azuis, nome carinhoso que damos para nos referirmos as pessoas autistas.

dia 02 de Abril é o dia de conscientização do Autismo.










Um pouco sobre o autismo:


O autismo é um desdobrar patológico da personalidade sobre ela mesma. Para a psiquiatria, trata-se de um sintoma esquizofrénico que consiste em referir à própria pessoa tudo o que acontece em seu redor. Na medicina, o autismo é uma síndrome infantil caracterizada pela incapacidade congénita de estabelecer contacto verbal e afectivo com outrem. O autista tem necessidade de manter o seu meio envolvente absolutamente estável.
Noutros termos, o autismo é um desequilíbrio do desenvolvimento do cérebro que compromete a comunicação e a interacção social das pessoas, ocasionando um comportamento restringido e repetitivo.


As características do autismo costumam aparecer durante os primeiros três anos da infância e mantêm-se durante toda a vida. Apesar de não existir cura nem solução definitiva, o tratamento apropriado ajuda a promover um desenvolvimento relativamente normal, ao minimizar os comportamentos que são considerados inadequados.


As estatísticas indicam que o autismo afecta entre dois e dez pessoas por cada 10.000 habitantes, segundo o critério de diagnóstico que é usado. O distúrbio afecta quatro vezes mais as pessoas do sexo masculino do que as do sexo feminino. Embora se desconheçam as causas na maioria dos casos, muitos especialistas consideram que o autismo é o resultado de algum factor ambiental que interage com uma susceptibilidade genética.
O autismo pode apresentar-se com maior ou menor intensidade: as formas mais leves, como a síndrome de Asperger, podem ser praticamente imperceptíveis e, frequentemente, são confundidas com timidez ou excentricidade. Por sua vez, os casos mais severos incluem uma ausência total da fala e um comportamento extremamente repetitivo, autodestrutivo e agressivo.


Fonte : 
https://conceito.de/autismo






A ONG APAN CONVIDA PARA A CAMINHADA EM ANANINDEUA-PA NESSE DIA 02 DE ABRIL

A ONG APAN, aSSOCIAÇÃO DOS AMIGOS E PAIS DOS AUTISTAS DE ANANINDEUA-PA, convida você e sua família  a participarem da : Caminhada pela conscientização do autismo. Conscientizar para incluir.
A caminhada será nesse dia 02 de Abril.
Saída : Igreja do Divino Espírito Santo
Horário: 08 :00
Local de chegada : Ginásio de Esportes Almir Gabriel ( Abacatão)

SEU APOIO É MUITO IMPORTANTE!
VENHA!!!!!
VAMOS NA NOSSA CAMINHADA!!!!


poesias que eu fia para homenagear os anjos azuis










Jesus Cristo, o missionário - Fátima Teles

Jesus Cristo, o missionário


Nasceste na relva
A manjedoura te embalaste
Pediste para nascer em meio à simplicidade
Esta foi a primeira lição que nos deste
Cresceste entre os trabalhadores invisíveis para a sociedade
Prodigioso que eras,
Conseguias conversar com os doutores do templo
Vieste refazer a lei
Num tempo de olho por olho, trouxestes o ensinamento "fazer aos outros o que gostaríamos que fizessem por nós"
Viste a corrupção e a exploração dos vendilhões e indignaste
Pregaste o amor e ele foi uma ideologia para além de teu tempo
Arrastaste multidões,entre crentes e curiosos
Foste sensível aos problemas sociais da época
E conhecedor profundo da alma humana
Deixaste o sermão da montanha como a mais linda promessa poética para a humanidade
Realizaste curas
Fizeste homens e mulheres terem a certeza do poder da fé e do reino dos céus que começa dentro de cada um
Conduziste os hipócritas a refletirem sobre a sua moral,ética e espiritualidade
Morreste por amor
Assassinaram- te o corpo
Ergueste do sepulcro para que nós tivéssemos a certeza da imortalidade da alma
Que a morte não é o fim
Que a morte é a vida após a vida
E que o amor é o que nos move, mantém-nos vivos e deixamos como semente


Aleluia, aleluia!

Fátima Teles


                                                       Fotografia extraída no Google

Carta para jesus Cristo - Fátima Teles

Carta para Jesus Cristo

Somos o teu passado e ainda estamos vivendo nele.
Somos a sociedade farisaica e hipócrita de teu tempo.Ainda tramamos contra o próximo. Não o vemos como irmão,mas como ameaça , egoístas e ignorantes que somos.
Violentamos,discriminamos e excluímos aqueles que julgamos ser menos dignos.
Matamos...ainda matamos...
Como te matamos.

Ainda choramos na tua Cruz,atrelados ao remorso que nos impõe sacrifícios.
Até quando choraremos pelo teu perdão?
Até quando viveremos no passado? Até quando Jerusalém estará nos recônditos de nossa alma?
Quantos beijos damos em nosso semelhante para lhe prejudicar ou excluí-lo mais adiante?
Até quando Judas sobreviverá em nós?
Quando finalmente iremos aprender a te descrucificar e contigo caminhar praticando o sermão da montanha, o mais belo poema que a humanidade já viu?
Perdoa-nos senhor! Mesmo sabendo que nós sabemos o que estamos fazendo.
Ajuda-nos a reconhecer no outro, nós mesmos.
Ajuda-nos a compreender a lei do retorno e que a paz não inicia no outro que nós apontamos,mas em nós.
Ajuda-nos a entender que tu és o caminho,a verdade e a vida.
Ajuda-nos a vivermos o presente praticando a lição do amai- vos uns aos outros que tu nos ensinou vivenciando.

Assim seja!

Feliz Páscoa para vocês!

Fátima Teles


Fotografia extraída no Google

Semana Santa por Paulo Gondim - Fátima Teles


Semana Santa

Entre todas as histórias da humanidade, a mais bonita é a de Jesus de Nazaré, o Cristo. Dois mil anos se passaram e ela continua atual, viva, se manifestando no dia a dia das pessoas, seja como preceito religioso ou como ensinamento prático de vida em comunidade. Apesar de tanta violência e desentendimento que as pessoas ainda insistem e expor contra seus semelhantes, ainda é mais simples viver em paz. Jesus Cristo passou por todas as dificuldades e provações para mostrar que o amor, a bondade, a compaixão, a solidariedade sempre vencem. Nascido numa terra hostil, onde se produzia o mínimo necessário para o sustento, desde cedo, sentiu o desconforto da pobreza, além de ver seu povo escravizado e explorado pelo império romano, coisa que nunca se conformou, até que resolveu ir à luta, para libertá-lo. Esse foi o lado político de Cristo. Do ponto de vista religioso, sua história tem o ponto máximo, na última semana de sua vida, da entrada triunfal, no domingo de ramos, em Jerusalém, à sua morte na cruz, culminando com sua ressurreição dos mortos, no terceiro dia. Quem melhor traduz essa história é a igreja católica, com seus rituais pesados, cheios de simbologias e tradições. Isso se observa desde as vestes dos sacerdotes aos instrumentos sacros, como cálices, ostensórios, luzes, procissões e demais sinais que invocam o povo à reflexão sobre a espiritualidade. Em todos os cantos do mundo, onde haja uma comunidade cristã, a semana santa é cheia de liturgias, que vão desde orações à encenação da Paixão de Cristo. Por ser um momento religioso que toca o coração dos fiéis de forma mais profunda, cada dia da semana tem a sua própria importância.  Depois do domingo de ramos, a segunda-feira é o dia da unção de Cristo, por Maria, irmã de Marta e de Lazaro, como se já fosse um preparo para sua morte. Na terça, a maldição da figueira que não dava frutos. Quarta-feira, o dia das trevas, que prenunciava a paixão e o sofrimento que estava por vir. Quinta, o dia da última ceia com seus discípulos, conhecido como o dia da instituição da Eucaristia pela igreja católica. Sexta-feira, o dia mais pesado, o dia da morte de Cristo na Cruz. Sábado, o dia de vigília e orações e, finalmente, o domingo da ressurreição, em que o Filho de Deus venceu a morte e trouxe esperança ao mundo, embora muita gente não tenha entendido sua mensagem de paz. Para muitas pessoas, a semana santa não passa de um ponto comercial, quando se tenta empurrar ao povo novos modismos, como não comer carne na sexta-feira santa e sim o caro bacalhau, que muito pouca gente pode comprar. Na verdade, não comer carne na sexta-feira é uma forma de jejum, e respeito à morte de Cristo, no sentido de humildade e desapego das coisas materiais, como forma de purificar o espírito. Deixar de comer carne, que custa bem menos e comer o caro bacalhau, derruba todo o sentido da sexta-feira santa. Outro absurdo são os ovos de páscoa, caríssimos, mas o deus mercado não deixa por menos e diz que só existe semana santa, se tiver ovos de páscoa. E como ficam as crianças pobres, que não podem comprar? E assim, aos poucos, vai-se desviando o verdadeiro sentido da semana santa. Por isso, meus amigos, deixemos um pouco a vaidade de lado e reservemos parte de nosso tempo para uma meditação de nossos atos, tomando como exemplo a vida, a paixão e a morte de Jesus Cristo, tudo o que ele viveu e tudo o que ele deixou de ensinamento para a humanidade. Olhemos à nossa volta e veremos quantos cristos continua sendo crucificados.



Paulo Gondim



Fotografia: O Crrucificado incólume junto às ruínas da catedral de Port-au-Prince, após o terremoto de Haití em 2010.jpg


Sexta-Feira com Poesia- Voar ( Leonerdo Boff) - Fátima Teles

Sexta-Feira com Poesia
 Voar ( Leonerdo Boff)


Sexta-Feira com Poesia- Assim eu vejo a vida (Cora Coralina)- Fátima Teles

Sexta-Feira com Poesia
assim eu vejo a vida
Cora Coralina

segunda-feira, 19 de março de 2018

Uma Flor para Marielle Franco - Fátima Teles

Assassinato da vereadora Marielle Franco



O dia 14 de Março de 2018 foi  marcado no Brasil pelo maior ato violento político contra uma mulher de atuação pública. A Vereadora Marielle Franco, de 38 anos, eleita em 2016 pelo Partido  Socialismo e Liberdade (PSOL)  foi assassinada com 4 balas na cabeça por pessoas que estavam em um carro que emparelhou com o seu no Centro da Cidade do rio de Janeiro quando a mesma vinha de um evento que falava das conquistas das mulheres negras na casa das Pretas.

A Vereadora foi eleita com 46 mil votos ,sendo a quinta Vereadora mais bem votada do Rio Janeiro. a população representada pelas minorias fez vigília durante todo o velório e ainda depois do enterro. a Câmara de Vereadores ficou cercada e a população pedia justiça aos gritos ; Marielle, Prresente!

O parlamento Europeu também a homenageou,uma vez que o ativismo dela era conhecido também na Europa.

A Vereadora tornou-se conhecida pelo enfrentamento que fazia diante as injustiças sociais. Em um ano de mandato ela apresentou mais de 200 Projetos de Lei.

Ela defendia as liberdades e os Direitos Humanos .
Foi escolhida para ser a relatora da comissão que iria investigar a intervenção no Rio de Janeiro feita pelo exército que a mesma era contra.

Outras Fontes ;
https://www.cartacapital.com.br/politica/vereadora-do-psol-marielle-franco-e-morta-a-tiros-no-rio

https://www.cartacapital.com.br/politica/morte-de-marielle-franco-causa-comocao-entre-politicos-e-ativistas
 https://www.cartacapital.com.br/politica/o-estado-nao-protege-a-vida-dos-que-lutam-pelos-direitos-humanos
 https://www.cartacapital.com.br/blogs/dialogos-da-fe/201cquantos-mais-vao-precisar-morrer-2

 https://goo.gl/JgcECd

 https://www.cartacapital.com.br/sociedade/em-atos-milhares-choram-e-lutam-por-marielle-franco
 http://justificando.cartacapital.com.br/2018/03/15/organizacoes-do-complexo-da-mare-se-revoltam-contra-assassinato-brutal-de-marielle-franco/
 https://www.cartacapital.com.br/sociedade/morte-de-marielle-repercute-em-todo-o-mundo
 https://www.cartacapital.com.br/sociedade/A-rotina-de-violencia-policial-em-Acari-denunciada-por-Marielle
 https://www.cartacapital.com.br/politica/ministro-afirma-que-assassinato-de-marielle-foi-execucao
 https://www.cartacapital.com.br/politica/201cse-achavam-que-ela-seria-morta-e-calaria-a-boca-estao-enganados201d-afirma-irma-de-marielle-franco


Poesia que fiz em homenagem a Marielle




Uma flor para Marielle Franco

Nasceste na maré
E as ondas turvas
Não conseguiram
Te derrubar
Cresceste entre livros
Fizeste da favela
Uma ponte de conhecimento
Onde tu sabias fazer a travessia
Com esmero e sabedoria
Transformaste a tua vida
Viraste cientista dos problemas sociais
E econômicos que vias e vivias
Te tornaste uma mulher empoderada
E uma política da liberdade e dos direitos
Roubaram- te os sonhos, a vida
Mas tu contínuas viva
Porque o espírito não morre
Tu estás na maré, na Lapa,
No Parlamento e nas Marielles que
Andam e lutam no Brasil
És semente que fora plantada no Rio
Os ventos que te ceifaram
Te espalharam no universo
E por isso tu estarás sempre viva


Fátima Teles



poesia que fiz em homenagem a Marielle inspirada nos escritos do Poeta Junior Maciço de Baturité











Os santos lambedores de dona Maria do senhor Cazuza - Fátima Teles



Projeto Brejo Santo : Nosso chão, nosso povo!

Os santos lambedores de dona Maria do senhor Cazuza







Por Fátima Teles , Professora Formadora da Área de Ciências Humanas
Do Ensino Fundamental II da Secretaria Municipal de Educação de Brejo Santo-CE,
Assistente Social, Escritora e Poeta.





Maria Inácio dos Santos, como é conhecida a querida dona Maria , é natural de Brejo santo , filha do senhor José Inácio dos Santos e da senhora Antônia de jesus. Ela Nasceu no dia Dez de Julho de Mil Novecentos e Trinta e quatro e neste ano de 2018 irá completar 84 anos. Seus passos são lentos devido as limitações físicas que a idade lhe  impõe, mas ainda cozinha e é dotada de uma lucidez e uma alegria lindas.



Casou-se com o senhor José Inácio dos Santos (mesmo nome de seu pai) em dois de Julho  de Mil Novecentos e cinquenta e sete, tendo vivido cinquenta e sete anos casada.
Seu esposo atendia pela alcunha  de senhor Cazuza  e era primo legítimo de seu pai.

Dona Maria foi auxiliar de trabalho ( Função explícita em seu contracheque) durante muito tempo na escola Padre Pedro Inácio Ribeiro, quando a referida Escola pertencia ao Estado. Porém, ficou conhecida pela comunidade pelos santos lambedores que fazia para as pessoas que adoeciam de gripe ou resfriado.


Desde a década de 70 do Século XX que dona Maria faz os lambedores. Ela aprendeu com a sua mãe. Os lambedores são feitos através de plantas medicinais e colocados em garrafinhas para tomar como xarope. A indicação dos lambedores é para tosse, sinusite, gripe, vindo esses ajudarem a expelir todo a secreção presa nos pulmões. Sua mãe fazia para a família e dona Maria também fazia os lambedores para os filhos, sobrinhos e amigos mais próximos, como Plínio Torres, os filhos do senhor Neco Jacinto e os filhos do senhor Vicente Ambrósio.

Dona Maria conta com alegria que o senhor Vicente Ambrósio foi o maior incentivador para que ela expandisse a venda dos lambedores para outras pessoas e iniciou a divulgação dos produtos, assim como a senhora Auriluce Arraes foi uma grande divulgadora e incentivadora.

Dona Maria conta que o Neurologista Dr Isaac Ambrósio, filho do senhor Vicente Ambrósio, quando era pequenininho já tomava os lambedores e hoje compra para os seus filhos.

Ela trabalha há mais de 46 anos  fazendo os lambedores. Tem mês que faz mais de três panelas e não dá para quem queira.








O casal com sua honestidade e simplicidade conseguiu encaminhar todos os filhos para o estudo e o trabalho.

Da  união matrimonial do referido casal vieram os filhos:

Maria Aparecida dos Santos
Francisco Assis dos Santos
Francisco Tarciso dos Santos
Maria Luzia dos Santos
Francisco Carlito dos Santos
Francisco Xavier dos Santos
Damiana Eliana dos Santos
Francisca Evânia dos Santos















Quando estávamos falando sobre o senhor Cazuza, esposo de dona Maria, a bisneta Maria Alice olhou carinhosamente para dona Maria e lhe perguntou:
- Vó, ele é meu bisavô?

Dona Maria lhe responde:
-Sim ,minha filha , é seu bisavô!


Fonte:
Entrevista com a senhora dona Maria, a homenageada.